Dicas Fit, Saúde

7 maiores dúvidas sobre aquecimento pré treino

junho 29, 2016

Você se aquece por uns minutinhos antes de cada atividade física? Todos precisamos fazer isso. Por isso, em parceria com a personal Lívia Peres, separamos as 7 maiores dúvidas para você ficar por dentro e melhorar o seu treino.

É necessário aquecer antes do treino?

Sim! O aquecimento tem por objetivo preparar o nosso corpo para estímulos mais intensos, aumentando a temperatura muscular, metabolismo energético e a frequência cardíaca, maximizando o fornecimento de sangue para os músculos e articulações. Estas modificações são de extrema importância, pois provocam melhorias no treinamento.

Se eu treinar sem aquecer, posso correr o risco de me lesionar?

Sim. Nossos músculos e articulações estão muito rígidos ao iniciar uma atividade física, sendo assim, o aquecimento proporciona o aumento da lubrificação das articulações e o aumento da elasticidade do tecido, o que proporciona diminuição do risco de lesões e previne problemas articulares futuros.

O alongamento estático antes do treino pode ajudar a prevenir lesões?

Não! Pelo contrário. O alongamento estático (aquele que permanece em uma mesma posição por aproximadamente 30 segundos) antes do treino pode prejudicar o ganho de força, de velocidade e explosão, pois quando o músculo está bem alongado antes do mesmo, ele se torna mais fraco e aumenta-se a probabilidade de gerar lesões.

Devo alongar após o treino?

Depende! Alongar vigorosamente músculos que foram solicitados de forma localizada e intensa, como no treinamento com pesos, pode potencializar os micro-traumas que se constituem no princípio do estímulo para a reconstrução muscular e o ganho de massa. Neste caso não existe nenhuma contribuição para melhora de flexibilidade nem benefício para melhorar a recuperação. Porém, se o objetivo de alongar após o treinamento for relaxar ou “soltar” a musculatura, o alongamento pode ser indicado, mas ele deve ser leve, de menor amplitude articular e de mais curta duração, sem causar dor ou desconforto.

Se eu alongar após o treino evitarei as dores musculares?

Não! O alongamento é importante para evitar o encurtamento muscular, e se realizado diariamente e por um longo período em paralelo ao treino com pesos. As dores musculares são causadas devido às micro-lesões que ocorrem nos músculos, portanto, o alongamento após o treino não evita as dores musculares.

Por que devo alongar?

O alongamento com o intuito de aprimorar a flexibilidade tem por objetivo diminuir a tensão muscular. Esta, por sua vez, permite o aumento da amplitude articular que são necessárias para a melhor execução dos exercícios (quanto maior a amplitude, maior a solicitação do músculo). Além disso, estimulam a renovação de colágeno para suportar maior estresse, evitam problemas musculares, articulares, tendinosos e circulatórios, aprimoraram a mobilidade e a flexibilidade.

O alongamento pode prejudicar meu ganho de massa magra?

Não! Pelo contrário. Alguns estudos evidenciam que o alongamento, em paralelo ao treino de força, pode ser um aliado para a hipertrofia muscular, visto que há um aumento na produção de proteína contrátil e do número de sarcômeros. Por sua vez, um maior número de sarcômeros e de proteínas contráteis são fundamentais para o processo de hipertrofia muscular.

♥ Dica da Nutri:  7 vilões da barriga chapada!

OBS: Não esqueça de que cada um de nós têm objetivos diferentes, portanto, procure um profissional competente para direcionar a melhor forma de aquecimento e alongamento para os seus.

Gostou desse artigo? Assine aqui e receba muito mais!

Veja também